Aprendi com a vida

A vida é feita de escolhas, algumas boas e outras ruins. A consequência é apenas o que sobra delas. Não importa qual o legado, o fato é que sempre resta algo. De uma forma ou de outra, mais cedo ou mais tarde, aprendemos com elas.

Disso alguns tiram lições de vida para não errar novamente. Outras pessoas fecham os olhos e, por algum motivo, ignoram o aprendizado e persistem no erro.

Aprendi que amar não é somente demonstrar carinho ou dizer “eu te amo”. Amar pode ser, simplesmente, fazer algo que não gostamos só para ver a pessoa amada feliz, pois amar é, acima de tudo, renunciar a si mesmo para o bem de outrem.

Aprendi que colegas tenho aos montes e que os verdadeiros amigos, aqueles com quem podemos contar, são mais raros do que imaginamos. Também percebi que grandes amigos podem viver sem a nossa presença, e a gente sem a presença deles, assim como é preciso ter alguém na vida, é preciso amar, ser amado e se sentir amado.tumblr_levf5tepzc1qdghc8o1_500 - Copia

A vida me fez entender que é necessário dividir o mesmo espaço com outras pessoas, que também é fundamental aprender a viver consigo mesmo e se sentir bem com a própria companhia mesmo quando se está sozinho.

Percebi que, em algum momento da vida, vamos questionar a existência de Deus. Não se preocupe, fazer isso não é o fim do mundo, mas persistir nessa ideia pode representar o fim de quem não acredita.

Aprendi que grandes distâncias se tornam pequenas quando se está disposto a andar um pouco para conseguir encontrar o outro. O segredo de finalizar o trajeto está na vontade de chegar ao destino desejado.

Aprendi que sonhar é algo grandioso e que os sonhos são os mais nobres combustíveis da vida, mas que, como todo combustível, eles têm um preço, e nem sempre temos dinheiro suficiente para pagarmos por eles, e que, muitas vezes, o preço sai mais alto do que eles valem de fato.tumblr_m8ia8c30uv1rbqkcoo1_500_large

Aprendi que o tempo passa rápido, que as lembranças dão saudade e que viver o agora e o pensar no futuro é o ponto de equilíbrio perfeito.

Também aprendi que palavras ditas e pensamentos concretizados não voltam mais, e que se eles machucam ou magoam alguém, podem fazer uma viagem diferente do destino para o qual foram encaminhados, basta que a palavra perdão seja pronunciada.

Aprendi que a paz está muito mais ligada à tranquilidade consigo mesmo do que com os outros e que também é necessário perdoar a si mesmo.

A vida me ensinou que não há vitória sem luta e que o tamanho da glória da vitória depende da quantidade de sangue derramado.Sonho-Impossível-Flor

Aprendi que cair não significa ser fraco, pois a força maior está na capacidade de levantar e seguir em frente, porém, também aprendi que desistir não significa ser covarde, às vezes, desistir de algo que queremos muito pode representar o maior ato de valentia. É preciso muita coragem para renunciar a um desejo que por algum motivo se tornou inconcebível.

Descobri que a dor de perder alguém para a morte é como a água de um poço, há dias em que ele está cheio, meio vazio ou completamente seco. Do poço há sempre uma fonte para fazer minar água.

Aprendi que a morte representa o limite humano, mas que a esperança e a fé são muito maiores do que qualquer limite que possa existir.

Compreendi que um “não” pode doer muito mais para quem o diz do que para quem o recebe.

Aprendi que vivemos em um mundo de feras, cheio de megeras, cada qual querendo ser maior pantera. Quem não vai à caça passa fome, e quem se alimenta da caça do outro, corre o risco de morrer envenenado.

Aprendi que, por mais que tenhamos uma opinião ou ideia formada, podemos e temos o direito de mudá-la. Isso não significa ser volátil, porque há momentos em que é preciso mudar para que o melhor possa acontecer. Permanecer na ignorância para não mudar é o maior desprezo para com a sabedoria e o crescimento pessoal.

Aprendi que o mundo é cruel e que mesmo o homem de bom coração pode ser corrompido para não se tornar alvo da crueldade do lugar em que vive.

Aprendi que não é dando que se recebe, pois há aqueles que não conseguem ver nem perceber o bem que lhes foi feito, contudo, a generosidade pode fazer toda a diferença na vida de alguém.

Descobri que ser humilde não é deixar-se ser humilhado, pois a humildade nada mais é do que reconhecer que você não é melhor do que ninguém.

Também aprendi que para ser uma pessoa grande, é preciso primeiro ser pequeno. Sem base e alicerce não pode haver um teto, voos altos precisam de vento para impulsionar alguém para cima.

Aprendi que, assim como a mentira, a verdade tem o poder igual ou maior de destruição. E aprendi que o maior bem que alguém pode fazer a si mesmo é não se tornar outra pessoa para agradar a alguém. Fazer isso é uma traição consigo mesmo.2_large

E, acima de tudo, descobri com a vida que somos todos uma farsa, pois não há homem na face da terra que consiga ser o mesmo em tempo integral. Foi assim que percebi que a maior verdade de cada um de nós está no ato de manifestar os sentimentos quando não cabem mais no peito, mas também está na capacidade de controlar eles nos momentos não propícios.

Por mais que fazer isso beire a falsidade, às vezes é preciso ser uma farsa para que o mundo não se torne um completo caos. Nisto é necessário compreender que a harmonia de tudo depende de cada um de nós em usar a sensatez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s